Exibindo 12 resultados para posts com a tag COVID-19.

"Novo normal" ou "de volta para o passado"?

O arrefecimento da pandemia de COVID-19 em grande parte dos países da Europa ocidental, estados americanos, assim como nas maiores cidades brasileiras traz a discussão o tema recorrente do “mundo pós-pandemia”. Como será o “novo normal”, questiona-se. Ou será que após um maior ou menor período, a pandemia e suas lições serão esquecidas e retornaremos a um patamar anterior a março de 2020?

A polêmica sobre o uso obrigatório de máscaras pela população

A base da prevenção do contágio da COVID-19 é o isolamento social de suspeitos, infectados e contratantes e o afastamento individual, com auxílio de barreiras, à transmissão de infectantes provenientes das vias aéreas. Neste sentido, a máscara tem um potencial preventivo relevante, principalmente em ambientes fechados onde se sabe que a contaminação é muito mais provável.

A saúde mental e a Covid-19 (parte II)

Em um dos nossos últimos “posts” do blog do Instituto Simutec abordamos o tema “saúde mental e a COVID-19”, com ênfase no prejuízo à saúde mental de uma população restrita em casa em função das táticas de mitigação determinadas pelas autoridades governamentais. Sobre isto, o MEDSCAPE publicou no último dia 28 de maio de 2020, o artigo “COVID-19: mortes por desespero podem chegar a 75.000 pessoas nos EUA” por Megan Brooks, editora do “centro de Informações sobre o novo Coronavírus SARS-CoV-2” da publicação.

Saúde mental e a Covid-19 (parte I)

Como a pandemia associada ao Corona vírus persiste, é normal sentir quantidades crescentes de estresse e uma sensação de perda de esperança. O medo de contrair o vírus, o estresse de ficar confinado por um longo período e sem efetivamente saber até quando, pode ter um preço alto - tanto física quanto emocionalmente. Embora o distanciamento social seja uma tática fundamental para mitigar a propagação da doença, traz consequências para a saúde mental e o bem-estar em curto e longo prazo. Essas consequências são de importância suficiente para que sejam necessários esforços imediatos focados na prevenção e intervenção direta para lidar com o impacto da pandemia na saúde mental individual e da população.

O lado oculto da Pandemia

A pandemia do Coronavírus além das suas terríveis repercussões para a saúde da população e repercussões econômicas de curto, médio e longo prazo, também possui um lado oculto e ainda pouco discutido. Enquanto o foco e quase todo o esforço e investimento estão direcionados para o combate do COVID-19, milhares de pessoas com outras doenças têm a sua saúde piorada. Talvez, ao final da pandemia, esta realidade seja uma das piores consequências de todo este processo que estamos vivendo.

Rotina de cuidados em tempo de Coronavírus

Dra. Lisa Maragakis, médica e diretora de prevenção de infecções no Johns Hopkins Health System, defende que, até o momento, as evidências sugerem que é mais difícil se contaminar com o vírus a partir de uma superfície macia (como o tecido) do que de superfícies rígidas tocadas com freqüência, como botões de elevador ou maçanetas, Uma coisa os especialistas já sabem: no momento, a transmissão acontece principalmente por meio do contato próximo, não ao tocar superfícies ou tecidos. O melhor que podemos fazer para se proteger é manter o distanciamento social.

Simulação médica em tempos de pandemia

Neste momento em que o foco é o atendimento de pacientes suspeitos ou portadores do COVID-19, a simulação presencial ou através de imagens, vídeos ou ambientes virtuais tem sido utilizada para o treinamento de profissionais de saúde para a triagem e atendimento de pacientes externos, pacientes internados com quadros clínicos menos graves e também em situações em centro de terapia intensiva.

Voltar